O AÇÚCAR E VOCÊ

É raro conhecer alguém que não goste de doces, não é?

Diga se você não morre de raiva quando alguém lhe diz com aquela cara de desdém: “Eu nem ligo para doces”…  grrrr! Dá uma invejinha terrível, não dá?

Bom, que o açúcar é o grande vilão das dietas, todo mundo já ouviu falar. Agora você sabe por quê?

Além de atrapalhar na perda de peso se consumido em excesso, estudos recentes mostram que o consumo exagerado de açúcar está associado à obesidade, diabetes,  problemas cardiovasculares, além de outros males.

A ingestão de  açúcar, leva ao aumento rápido da sua concentração nos níveis sanguíneos, forçando as células do pâncreas a responder rapidamente, aumentando a produção de insulina. Isso pode causar uma resistência à insulina, diminuindo o funcionamento das células responsáveis pela sua produção. Como consequência grave disso, temos a diabetes.

Já no sistema nervoso central, existe uma região chamada de hipotálamo que é responsável pelo controle da fome e regula certos processos metabólicos. Nessa região do cérebro, o açúcar age diretamente, fazendo com o que o indivíduo não consiga controlar a fome, aumentando a sua ingestão calórica, e consequentemente seu peso.

Outro malefício dessa substância tão adorada por nós principalmente nos dias de TPM, é aumento do nível de triglicérides no sangue, que está relacionado ao surgimento de doenças cardiovasculares.

A açúcar também age no sistema límbico (responsável pelas emoções), estimulando a produção de serotonina. Isso quer dizer que aquela sensação de alegria e de que a vida é bela que temos ao comer um doce é real. O aumento dos níveis de serotonina no organismo causa esse bem estar passageiro que pode levar à dependência química semelhante às ocorridas com as drogas.

Além de tudo isso, outro ponto que reforça a necessidade de um  consumo moderado de açúcar é a sua ausência de nutrientes. Este fato faz com que ele seja digerido rapidamente, provocando um pico nos níveis de glicemia , aumentando o depósito de gordura nas células.

Por ser um alimento calórico e não apresentar valor nutricional, o melhor a fazer é deixar de comê-lo, ou comer pouco. A teoria é fácil, mas e na prática?

No próximo post, publicarei dicas para driblar a vontade de comer doces. Aguarde!

Foto: autor desconhecido.

TORRADINHAS INTEGRAIS DE AVEIA E LINHAÇA – VÍDEO

Hoje estreio uma série de vídeos da Mimis na cozinha.

Como ainda não estou com o equipamento ideal, os vídeos ainda serão feitos lentamente. Quero postar receitas e outras coisas legais para vocês.

Então, como ontem saiu uma bela fornada das torradinhas de aveia e linhaça (receita aqui), resolvi gravar o preparo da massa para o corte.

A primeira vez que fiz, utilizei o rolo de macarrão comum. Dessa vez, resolvi passar a massa na máquina de fazer pasta, pois eu queria que as bolachinhas ficassem bem finas.

Ficaram perfeitas, embora o processo seja um pouco mais trabalhoso.

Essa máquina tem história… Vou contar mais adiante, ok?!

Espero que gostem!

PIZZA LOW CARB COM MASSA DE BRÓCOLIS

Ontem à noite estávamos na dúvida sobre o que comer e um amigo meu publicou a foto da pizza low carb que ele havia acabado de fazer.

Low carb significa que a receita é pobre em carboidratos, tornando-se uma ótima opção para a noite, para aqueles que estão de dieta de redução de peso ou para os que querem compensar algum exagero feito em outra refeição do dia.

Não contei tempo. É isso que quero jantar! Porém a receita dele era com couve flor e eu não tinha em casa.

Como adoro inventar moda, lembrei que tinha um brócolis novinho e lindo aqui e tratei de colocar a mão na massa.

Ingredientes Massa:

-       1 brócolis inteiro (daquele durinho, também chamado de chinês)

-       1 gema (se você quiser colocar duas não tem problema, apenas o valor nutricional irá mudar)

-       2 claras

-       sal e pimenta do reino à gosto.

Ingredientes recheio:

-       380g de peito de frango cozido e desfiado

-       1/2 xícara de molho de tomate

-       2 colheres de sopa (50g) de requeijão light

-       1 tomate grande cortado em rodelas

-       sal e pimenta do reino à gosto

-       1 cebola cortada em cubinhos

Modo de Preparo:

-       Corte o brócolis, aproveitando os talos também. Cozinhe-o, de preferencia no vapor.

-       Amasse com um garfo ou triture com o mixer até o brócolis se desmanchar.

-       Esprema o conteúdo em uma peneira para tirar todo o excesso de líquido.

-       Deixe esfriar um pouco e junte os ovos, misturando tudo.

-       Despeje em uma forma de pizza redonda e leve ao forno até a massa secar e endurecer. (aproximadamente 20 minutos).

-       Refogue a cebola, o frango e o molho de tomate, temperando-os.

-       Monte a pizza: coloque o molho de frango sobre a massa, rodelas de tomate e despeje o requeijão por cima de tudo.

-       Leve ao forno para aquecer.

Informações nutricionais por pizza inteira:

Cal:  736,3  C: 42g   P: 107,1g   G:  18,4g

* Semana que vem experimentarei a receita com a couve flor e conto para vocês!

* A pizza ficou uma delícia mesmo, porém a massa ficou um pouquinho mole, não foi possível cortar direitinho e colocá-la no prato como uma pizza de verdade. Dá próxima vez deixarei um pouco mais no forno antes de retirar e colocar a cobertura.

Quero depoimentos dos que fizerem, combinado?!

EQUILÍBRIO NA DIETA: O SABER DOSAR

Queria falar sobre um assunto que me chama a atenção no meio fitness e nutricional…

Alguns extremistas poderão dizer que eu estou errada, mas a verdade  é que eu acredito numa vida equilibrada, sem radicalismos.

Eu amo cozinhar. E quem ama cozinhar, geralmente ama comer bem, embora a recíproca nem sempre seja verdadeira.

Minha dieta é regrada em alimentos saudáveis e funcionais. Porém, isso não quer dizer que eu não coma bobagens nunca.

Vocês não me verão dizer que eu não como chocolate há x anos… que eu não tomo um vinhozinho de vez em quando… ou que eu jamais coma gorduras ruins.

Eu gosto do prazer de comer bem. Todavia, penso que esse prazer não pode substituir os outros prazeres da vida. Ou ainda suprir necessidades psicológicas.

Você não precisa deixar de comer tudo o que você gosta. Você só precisa comer com moderação. Praticar atividades físicas e levar a vida de uma forma mais saudável.

Eu penso da seguinte forma:

Você gosta de viajar. Você gosta de comprar coisas bonitas. Você gosta de namorar. Você gosta de várias coisas legais, certo?

Qual a frequência que você faz essas coisas? Diariamente?

Creio que a resposta é não.

Então, se você gosta de comer algumas bobagens, ou comer bastante, você não precisa fazer isso todos os dias.

Dê-se um presente de vez em quando. Um almoço especial no final de semana, uma saída para jantar com os amigos, uma parada em um café para comer aquele doce que você tanto gosta na companhia de uma amiga… e assim por diante…

Ou seja, escolha um dia da semana e coma uma bobagem.

“Mas Mimis, você está falando para eu comer brigadeiro na dieta?”

Sim! eu estou falando para você comer um brigadeiro ou algo que você adore de paixão e não seja nutricionalmente tão bom, caso tenha vontade. Porém, eu não estou falando para você comer a lata inteira de leite condensado, ok?  Tenho certeza que você não vai engordar, nem ficar feia por causa disso. Desde que o faça pensando no equilíbrio.

Não é porque você almeja um corpo perfeito, que você vai virar uma maluca e só comer frango e batata doce o dia todo. Ou passar horas na academia se matando (o que está comprovado que não resolve).

Emagreci e cheguei onde estou baseada na reeducação alimentar. Comendo alimentos nutricionalmente bons, mas também também comendo umas besteirinhas de vez em quando.

É preciso apenas saber dosar. Para mim, esse é o segredo de uma dieta de sucesso.

Afinal, quem consegue passar a vida toda no extremo?

Eu não!

* Foto: autor desconhecido.

HOJE TEM OMELETE!!!

Quem me conhece bem, sabe que eu não gosto de ovos. Desde pequena é esse drama… Não consigo nem sentir o  cheiro do ovo frito ou cozido.

Mas  uma omelete bem recheadinha eu  curto… não me perguntem o porquê. :)

E convenhamos… ovo é um alimento super legal, não acham?

E olhem só! Ele não é tão vilão assim como pensamos! Para quem tem colesterol alto, os estudos indicam que o consumo de até duas gemas por semana não faz mal. E essa receita é super especial por isso! Como a gordura está na gema do ovo, coloquei mais claras para dar aquele up  no menino!

Eu acho uma ótima opção para uma janta bem leve.

Vou passar a vocês a receita que preparei hoje para o meu café.

Ingredientes:

- 1 gema

- 4 claras

- 40g de presunto ou peru

- 1/2 tomate picado

- salsinha picada

- 1/4 cebola picada

- sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

- Junte o presunto, tomate e cebola picados.

- Bata a gema e as claras.

- Despeje a mistura dos ovos sobre a frigideira pré aquecida.

- Coloque os ingredientes sólidos por cima, adicionando a salsinha e os tempero no final.

- Quando as bordas estiverem soltando da frigideira, dobre a omelete.

- Deixe por mais alguns minutos e sirva!

Valores nutricionais:

Cal: 164,1  C: 1,1g   P:26,3g   G: 5,2g

LANCHE NA FACUL – PARTE 1

Hoje começo uma série de posts sobre o que as pessoas estão comendo por aí!

E como ontem falamos da minha marmita lanche, hoje aproveitarei o gancho para falar sobre as escolhas de lanches dos estudantes das universidades.

Tanto nas universidades, como nos colégios, existem lanchonetes ou restaurantes onde você pode comprar  seu lanche nos intervalos das aulas. Tem lugares mais legais, com opções melhores, e outros mais fraquinhos. Mas sempre pode-se encontrar boas opções para se alimentar.

Vamos ver o que a galera bonita do curso de Moda da UDESC escolheu dessa vez.

Neto optou por um suco de uva. É uma boa opção. Porém, dê preferência aos sucos integrais, e quanto mais natural, melhor. Veja se o que você está comprando não é apenas um refresco com sabor artificial de uva, ou seja, um refrigerante sem gás. Nada substitui o suco feitinho na hora… só a fruta fresca! :)

Débora parece que tem consciência da sua escolha… Sem dúvida, salgadinhos industrializados são vilãos incontestáveis! Diga-me, pode haver coisa pior? Mas acho que depois desse flagra ela aprendeu! :)

Refrigerante, Daniela!!!??? Hummmm, tá certo que a mídia é forte e nos invade diariamente com a imagem desse tipo de bebida. Mas todo mundo sabe que isso não faz bem à saúde. Alguém aí sabe me dizer o que vai na fórmula deles? Conservantes, acidulantes, corantes, açúcar, antioxidantes, dióxido de carbono, água… É preciso dizer mais?

Se tirarmos todas as porcarias do refrigerante da Daniela, ficamos com o que há de melhor! Água!!!!

Aieza é das minhas! Se for escolher uma bebida para acompanhar seu lanche, fique com ela! A água é indispensável para o nosso organismo. Uma escolha perfeita para a manhã, tarde e noite. Eu estou sempre com a minha garrafinha ao meu lado, assim garanto a minha ingesta adequada diária!

E você? Já tomou água hoje?

MARMITA LANCHE DA MIMIS

Desde quando estar fora de casa é motivo para não se alimentar corretamente?

Existem opções fáceis e saudáveis para carregar na bolsa ou no carro para te deixar bem alimentado durante o dia.

Tá certo que às vezes eu elaboro demais meus lanches, por que eu curto mesmo.

Mas você não precisa se esmerar tanto e nem por isso deixar de caprichar na dieta.

Nessa foto eu preparei uma marmita lanche para uma tarde fora de casa. Você pode se perguntar, mas ela come tudo isso à tarde? Sim, como. Estou em dieta de ganho de massa magra então preciso comer mais calorias que gasto.

Então eu faço dois lanches no período vespertino.

Nesse dia eu preparei um rap (receita aqui) de presunto com alface.

E ainda levei meu kit banana amassada. Como assim um kit???

Eu não curto muito comer a banana assim… descasca e come, sabe? Então eu levo um kit com garfo, bananas, e alguns farelos (na foto tem chia e whey protein). Aí, amasso na hora que vou comer, pois se levar pronto a banana fica escura, jogo as coisinhas em cima e como tudinho na maior alegria, onde eu estiver… já comi no carro, na sala de aula, no meio de uma conferência… não quero nem saber… bateu o horário do lanche eu páro tudo e como.

Mas se você não puder perder tanto tempo preparando essa função, você pode levar outras coisas práticas, basta escolher o que gosta e o que comporta na sua dieta, por exemplo:

-       Oleaginosas: nozes, castanhas, amêndoas, etc. São fáceis de carregar e de comer.

-       Sanduíches: você pode prepará-los em casa ou comprar na rua

-       Barras de cereais: escolha as mais integrais possíveis. Tem umas que são pura granola… muito bom!

-       Frutas: aqui você pode variar e escolher o estiver afim no dia. Eu gosto de levá-las picadinhas num potinho, mas você pode levar as opções mais práticas.

-       Iogurte: não é aconselhável deixa-los por muito tempo fora da geladeira, mas se você tiver um local para guardar será ótimo.

E aí? Conte-me o que você gosta de levar de lanche.

 

* No próximo post de lanches vou falar sobre o que os estudantes estão comendo na faculdade!